Contas Nacionais Trimestrais, 4T 2016 (estimativa rápida), INE

Página criada: Terça-feira, 14 Fevereiro 2017 10:32GMT | Atualizada: Terça-feira, 14 Fevereiro 2017 17:01GMT

Comunicado de Imprensa:  14 fevereiro 2017 - 3 Página(s)
Palavras-Chave:
4T 2016  estimativa rápida  Income   PIB   PIB  Q4 2016  Rendimento

Produto Interno Bruto aumentou 1,9% em volume no 4º trimestre de 2016 e 1,4% no conjunto do ano 2016

No 4º trimestre de 2016, o Produto Interno bruto (PIB) registou, em termos homólogos, um aumento de 1,9% em volume (variação de 1,6% no 3º trimestre). Esta aceleração do PIB resultou do aumento do contributo da procura interna, observando-se uma recuperação do Investimento e um crescimento mais intenso do consumo privado. O contributo da procura externa líquida foi negativo, contrariamente ao observado no trimestre anterior, refletindo a aceleração mais acentuada das Importações de Bens e Serviços em volume que a das Exportações de Bens e Serviços.

Comparativamente com o 3º trimestre, o PIB aumentou 0,6% em termos reais (variação em cadeia de 0,8% no trimestre anterior). O contributo da procura interna para a variação em cadeia do PIB passou de negativo no 3º trimestre para positivo, traduzindo, principalmente, a evolução do Investimento. Em sentido contrário, a procura externa líquida passou a registar um contributo negativo, observando-se um forte aumento das importações totais.

Em 2016, o PIB aumentou 1,4% em volume, menos 0,2 p.p. que o verificado no ano anterior. O contributo da procura interna para a variação do PIB diminuiu, refletindo a redução do Investimento e, em menor grau, a desaceleração do consumo privado. A procura externa líquida apresentou um contributo significativamente menos negativo que em 2015.

Esta estimativa rápida incorpora revisões na informação de base utilizada, nomeadamente decorrentes da utilização dos dados mais recentes do comércio internacional de bens, com revisões em termos nominais para o 3º trimestre de 2016. Este novo conjunto de informação não implicou revisões nas taxas de variação homóloga e em cadeia do PIB.



Título original:  Produto Interno Bruto aumentou 1,9% em volume no 4º trimestre de 2016 e 1,4% no conjunto do ano 2016

Documento(s) Relacionado(s)