Estatísticas Vitais, 2017, INE

Página criada: Segunda-feira, 30 Abril 2018 12:05GMT | Atualizada: Segunda-feira, 30 Abril 2018 12:18GMT

Comunicado de Imprensa:  30 abril 2018 - 9 Página(s)
Palavras-Chave:
Casamentos  Mortes  Nascimentos

m 2017, nasceram com vida (nados-vivos), de mães residentes em Portugal, 86 154 crianças. Este valor traduz um decréscimo de 1,1% (menos 972 crianças) relativamente ao ano anterior. Do total de nados-vivos, 54,9% nasceram “fora do casamento”.
O total de óbitos de pessoas residentes em território nacional foi de 109 586, representando uma redução de 0,9% (menos 987 óbitos) face a 2016. Do total de óbitos, 54 987 foram de homens e 54 599 de mulheres; 85,0% dos óbitos respeitaram a pessoas com 65 e mais anos de idade.
Verificaram-se 226 óbitos de crianças com menos de 1 ano (menos 56 do que os registados em 2016), sendo o valor mais baixo desde que há registos.
Em 2017, Portugal teve, pelo nono ano consecutivo, um saldo natural negativo (-23 432).
Celebraram-se 33 634 casamentos, mais 3,8% que no ano anterior (mais 1 235 casamentos). 65,8% dos casamentos celebraram-se apenas civilmente e 33,7% pela forma católica. Em mais de metade dos casamentos (58,1%) os nubentes possuíam residência anterior comum.



Título original:  Saldo natural negativo pelo nono ano consecutivo - 2017

Documento(s) Relacionado(s)