Estimativas de Emprego e Desemprego, março 2017, INE

Página criada: Sexta-feira, 28 Abril 2017 16:18GMT | Atualizada: Sexta-feira, 28 Abril 2017 16:35GMT

Comunicado de Imprensa:  28 abril 2017 - 8 Página(s)
Palavras-Chave:
Desemprego   Emprego

A taxa de desemprego de fevereiro de 2017 foi de 9,9%

A taxa de desemprego de fevereiro de 2017 situou-se em 9,9%, menos 0,2 pontos percentuais (p.p.) do que no mês anterior e menos 0,6 p.p. em relação a três meses antes. Aquele valor representa uma revisão de menos 0,1 p.p. face à estimativa provisória divulgada há um mês (10,0%). Constitui, também, o valor mais baixo observado desde fevereiro de 2009 (9,7%).

A população desempregada de fevereiro foi estimada em 508,3 mil pessoas, tendo diminuído 1,9% em relação ao mês precedente (menos 9,9 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4 630,2 mil pessoas, tendo aumentado 0,5% (mais 22,6 mil pessoas) face ao mês anterior.

A estimativa provisória da taxa de desemprego de março de 2017 foi de 9,8%. Neste mês, a estimativa provisória da população desempregada foi de 504,0 mil pessoas e a da população empregada foi de 4 646,1 mil pessoas.

  1. População empregada e taxa de emprego

Em fevereiro de 2017, a população empregada foi estimada em 4 630,2 mil pessoas, tendo aumentado 0,5% (22,6 mil) em relação ao mês anterior (janeiro de 2017) e 1,0% (43,7 mil) em relação a três meses antes (novembro de 2016). Aquele valor foi revisto, relativamente ao provisório publicado há um mês, em mais 0,4% (19,7 mil).

Em março de 2017, a estimativa provisória da população empregada foi de 4 646,1 mil pessoas, tendo aumentado 0,3% (15,9 mil) face ao mês anterior (fevereiro de 2017) e 0,9% (41,6 mil) em relação a três meses antes (dezembro de 2016).

Ainda em março de 2017, e por comparação com o mês anterior, a população empregada aumentou para todos os grupos em análise: adultos (25 a 74 anos) (0,3%; 11,9 mil); mulheres (0,5%; 11,1 mil); homens (0,2%; 4,8 mil); e jovens (15 a 24 anos) (1,5%; 4,0 mil).

A taxa de emprego situou-se em 59,6%, tendo aumentado 0,2 pontos percentuais (p.p.) em relação ao mês anterior e 0,5 p.p. face a três meses antes.

A taxa de emprego dos homens (63,7%) excedeu a das mulheres (55,8%) em 7,9 p.p.. Ambas as taxas aumentaram face ao mês anterior; a primeira, 0,1 p.p.; a segunda, 0,2 p.p..

A taxa de emprego dos adultos foi de 65,2%, o que corresponde a um acréscimo de 0,2 p.p. face ao mês anterior. A taxa de emprego dos jovens foi de 25,6% e aumentou 0,3 p.p. em relação a fevereiro de 2017.



Título original:  A taxa de desemprego de fevereiro de 2017 foi de 9,9%

Documento(s) Relacionado(s)