Índice de Custos de Construção de Habitação Nova, janeiro 2017, INE

Página criada: Quarta-feira, 8 Março 2017 11:13GMT | Atualizada: Quarta-feira, 8 Março 2017 11:42GMT

Comunicado de Imprensa:  08 março 2017 - 3 Página(s)
Palavras-Chave:
Custos de Construção de Habitação Nova  Habitação

Índice de Custos de Construção de Habitação Nova acelerou

A taxa de variação homóloga do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova, no Continente, foi 2,1% em janeiro, tendo aumentado 0,4 pontos percentuais (p.p.) face ao mês anterior. O Índice de Preços de Manutenção e Reparação Regular da Habitação, no Continente, apresentou uma taxa de variação homóloga de 1,8% (1,6% em dezembro de 2016).

  1. Índice de Custos de Construção de Habitação Nova

A taxa de variação homóloga do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova, no Continente, fixou-se em 2,1% em janeiro, 0,4 p.p. superior ao observado no mês de dezembro de 2016.

A evolução da taxa reflete essencialmente a aceleração da componente dos Materiais, que passou de uma variação homóloga de 1,1% em dezembro de 2016 para 2,1% em janeiro de 2017. Por outro lado, a componente da Mão-de-obra apresentou uma variação de 2,2%, valor superior em 0,1 p.p. ao observado no mês anterior.

A taxa de variação homóloga relativa aos custos da construção de Apartamentos e Moradias novas acelerou entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017. No caso dos apartamentos, esta taxa aumentou de 1,6% para 2,1% e, no caso das moradias, de 1,8% para 2,3%.



Título original:  Índice de Custos de Construção de Habitação Nova acelerou

Documento(s) Relacionado(s)

Notícia(s) Relacionada(s)

Quarta-Feira, 8 março 2017 14:46