Índice de Volume de Negócios na Indústria, dezembro 2016, INE

Página criada: Quinta-feira, 9 Fevereiro 2017 12:48GMT | Atualizada: Quinta-feira, 9 Fevereiro 2017 12:57GMT

Comunicado de Imprensa:  09 fevereiro 2017 - 9 Página(s)
Palavras-Chave:
Emprego  Indústria   Salários  Vendas  Volume de Negócios

Índice de Volume de Negócios na Indústria desacelerou em dezembro

O Índice de Volume de Negócios na Indústria apresentou um crescimento homólogo nominal de 5,0% em dezembro (7,1% no mês anterior). Os índices relativos aos mercados externo e nacional passaram de aumentos de 9,1% e de 5,6%, respetivamente, em novembro, para 6,5% e 3,9% em dezembro.

No 4º trimestre de 2016, as vendas na indústria aumentaram 2,8% em termos homólogos (redução de 0,8% no trimestre anterior).

No conjunto do ano 2016, as vendas na indústria apresentaram uma variação média de -0,9% (0,1% em 2015).

Os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas registaram aumentos homólogos de, respetivamente, 2,2%, 2,7% e 0,3% em dezembro (variações de 2,1%, 4,8% e -0,7% no mês anterior, pela mesma ordem).

VOLUME DE NEGÓCIOS

Total

O Índice de Volume de Negócios na Indústria registou um aumento homólogo de 5,0% em dezembro, taxa 2,1 pontos percentuais (p.p.) inferior à observada no mês precedente. Ambos os mercados registaram varia- ções homólogas menores que as observadas em novembro. Esta evolução poderá, em parte, estar relacionada com o número de dias úteis no período de referência (21 e 20 dias em novembro e dezembro de 2016, respetivamente, e 21 dias em iguais períodos do ano anterior). Volume de Negócios na Indústria Mercados – Contribuições para o total, p.p.

O índice de vendas com destino ao mercado nacional cresceu 3,9% em dezembro (5,6% no mês anterior), enquanto o índice relativo ao mercado externo aumentou 6,5% (9,1% em novembro).



Título original:  Índice de Volume de Negócios na Indústria desacelerou em dezembro

Documento(s) Relacionado(s)