Índice de Volume de Negócios no Retalho, janeiro 2017, INE

Página criada: Quinta-feira, 2 Março 2017 15:20GMT | Atualizada: Quinta-feira, 2 Março 2017 16:39GMT

Comunicado de Imprensa:  02 março 2017 - 1 Página(s)
Palavras-Chave:
Retalho  Vendas

Resumo

O Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho1 registou, em janeiro, uma variação homóloga de 2,0% (4,0% em dezembro). Os índices de emprego, de remunerações e de número de horas trabalhadas, ajustadas de efeitos de calendário, apresentaram, no mês de referência, taxas de variação homóloga de 2,2%, 4,1% e 3,0%, respetivamente (1,9%, 7,5% e -0,4% em dezembro, pela mesma ordem).

Volume de Negócios

O índice de volume de negócios no comércio a retalho1 registou uma taxa de variação homóloga de 2,0% em janeiro, desacelerando 2,0 pontos percentuais (p.p.) face ao mês anterior

Emprego

O índice de emprego no comércio a retalho passou de um crescimento homólogo de 1,9% em dezembro para 2,2% em janeiro de 2017.

Remunerações

O índice de remunerações no comércio a retalho aumentou 4,1% em termos homólogos (aumento de 7,5% em dezembro).

Horas Trabalhadas

A variação homóloga do volume de trabalho no comércio a retalho, medido pelo índice de horas trabalhadas ajustado de efeitos de calendário, foi de 3,0% em janeiro (-0,4% no mês anterior).