Observatório da Competitividade Fiscal, 2015, Deloitte

Página criada: Quinta-feira, 9 Julho 2015 9:20GMT | Atualizada: Quinta-feira, 9 Julho 2015 9:24GMT

Relatório:  09 julho 2015 - 40 Página(s)
Palavras-Chave:
Competitiveness   Competitividade  Empresas  Fisco  Justice   Taxes

Empresas consideram sistema fiscal português mais eficaz, mas ainda complexo.

 

 

De acordo com o estudo da Deloitte, houve uma melhoria na forma com o sistema fiscal nacional é percecionado pelas empresas face ao ano anterior.

Aproximadamente 30% das empresas revela que as medidas contidas no OE 2015 terão um impacto positivo na sua empresa, face aos 48% que não preveem qualquer impacto.

A introdução do quociente familiar e a manutenção das atuais deduções à coleta relativas a despesas são consideradas as medidas em sede de IRS mais positivas.

A grande maioria (58%) considera que a introdução da taxa de carbono não terá qualquer impacto na sua empresa



Título original:  Observatório da Competitividade Fiscal 2015

Notícia(s) Relacionada(s)

Quinta-Feira, 9 julho 2015 9:29