Sociedade da Informação e do Conhecimento, 2014, INE

Página criada: Terça-feira, 16 Dezembro 2014 11:30GMT | Atualizada: Terça-feira, 16 Dezembro 2014 11:35GMT

Comunicado de Imprensa:  16 dezembro 2014 - 1 Página(s)
Palavras-Chave:
Comunicação nos Hospitais  Tecnologias da Informação

Mantém-se a tendência para o aumento da informatização das atividades médicas, destacando-se a subida registada na proporção de hospitais com processos clínicos eletrónicos: 83% em 2014 face a 42% em 2004.

Em 2014, o acesso à internet nos hospitais é universal, 97% com acesso em banda larga. A disponibilização de pontos de acesso à internet (hotspots) aos utentes é assegurada por 45% dos hospitais, enquanto 35% disponibilizam computador com acesso à internet aos doentes internados.

A grande maioria dos hospitais, 93%, referem estar presentes na internet, principalmente através de website próprio (87% daqueles com presença na internet) e/ou da presença no website integrado no site do Ministério da Saúde (19%). A percentagem de hospitais com marcação de consultas médicas online aumentou mais de 20 p.p. nos últimos anos (8% em 2010 e 30% em 2014).

Das atividades de telemedicina, a mais utilizada foi a teleradiologia, ou seja, a permuta de imagens radiológicas, ultrassonográficas, tomográficas ou de ressonância magnética para discussão de casos e resolução de diagnósticos.



Título original:  Proporção de hospitais com processos clínicos eletrónicos quase duplicou numa década - 2014