Sociedade da Informação e do Conhecimento, Famílias, 2014, INE

Página criada: Quinta-feira, 6 Novembro 2014 16:47GMT | Atualizada: Quinta-feira, 6 Novembro 2014 16:52GMT

Comunicado de Imprensa:  06 novembro 2014 - 10 Página(s)
Palavras-Chave:
Conhecimento  Famílias  Sociedade da Informação

De acordo com os resultados do Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias realizado em 2014, 63% dos agregados familiares em Portugal têm ligação à internet em casa através de banda larga, evidenciando-se o grau de implementação na região de Lisboa (72%) e entre as famílias com crianças até aos 15 anos (87%). Pese embora o crescimento observado nos últimos anos, estes resultados não são suficientes para reduzir o distanciamento face à média da UE-28.

Em 2014, 65% das pessoas com idade entre 16 e 74 anos acedem à internet; 17% efetuam encomendas através desta rede. O grupo etário com proporções mais elevadas de utilizadores de internet situa-se entre os 16 e os 24 anos, diminuindo com o aumento da idade. No comércio eletrónico, são as pessoas com 25 a 34 anos que registam uma frequência de utilização mais elevada (33%). Em Portugal, a utilização da internet para efetuar encomendas é inferior à média na UE-28, em mais de 20 pontos percentuais.

Entre os utilizadores de internet, mais de metade (57%) acede à internet em mobilidade, isto é, fora de casa e do local de trabalho em equipamentos portáteis (telemóvel, smartphone, computador portátil ou outro equipamento portátil). Este tipo de acesso aumentou 19 p.p. no último ano, apresentando-se em 2014 com proporção semelhante à média da UE-28 em 2013.

Entre as pessoas que utilizaram internet nos 3 primeiros meses do ano, 26% utiliza espaço de armazenamento nesta rede para guardar ou partilhar ficheiros (computação em nuvem). Apenas 7% dos utilizadores dos serviços de computação em nuvem indicaram ter pago pela utilização do serviço. As principais motivações para a utilização de serviços de computação em nuvem prendem-se com a possibilidade de poder usar os ficheiros em diferentes equipamentos e locais (91%), e com o facto de poder partilhar ficheiros com facilidade (89%).



Título original:  More than half of internet users connect on the move - 2014