Notícias

Volume de negócios no retalho cresce ao ritmo mais rápido em quatro meses

Página criada: Sexta-feira, 29 Dezembro 2017 14:32 GMT

Palavras-Chave:
Retalho  Volume de Negócios

Em Novembro, o índice de volume de negócios no comércio a retalho registou uma variação homóloga de 4,8%, o ritmo mais elevado desde Julho deste ano. Em termos homólogos, tanto o emprego como as remunerações registaram uma desaceleração ligeira face a Outubro.

O volume de negócios no retalho, em termos homólogos, atingiu em Novembro o crescimento mais acentuado desde Julho. Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), mostram que este índice registou uma variação homóloga de 4,8% no mês passado, o que assim representa a variação homóloga mais elevada desde o sétimo mês deste ano, altura em que se fixou nos 4,9%.
O gabinete de estatística indica que tanto o agrupamento de “produtos alimentares e de produtos não alimentares apresentaram acelerações, de 2,6 pontos percentuais e de 3,5 pontos percentuais, respectivamente, para variações homólogas de 4,8% e 4,7%, pela mesma ordem”.