Notícias

Vortal inaugura laboratório de I&D no Porto num investimento de 2,2ME

Página criada: Sexta-feira, 30 Maio 2014 16:42 GMT

Temática
Palavras-Chave:
I&D  Vortal

A plataforma portuguesa de compras eletrónicas Vortal inaugurou hoje o novo laboratório de inovação e desenvolvimento (I&D) no Porto, num investimento de 2,2 milhões de euros e onde vão trabalhar 50 colaboradores altamente qualificados.

Localizado no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), o laboratório já estava a funcionar desde o início do mês e, segundo o presidente executivo da Vortal, Rui Dias Ferreira, resultou “da grande expansão internacional” da empresa e consequente necessidade de reforçar o investimento nas plataformas digitais, para aumentar a resposta ao crescimento no mercado europeu e na América Latina.

“Estamos a falar de um centro de inovação e desenvolvimento (I&D) com capacidade para 50 engenheiros e analistas digitais. Já recrutámos 35, agora faltam os restantes”, disse Rui Dias Ferreira à Lusa, explicando que 12 dos colaboradores vêm do laboratório que tinham até agora também no Porto.

O presidente executivo da Vortal adiantou que o recrutamento é feito em Portugal, maioritariamente nas universidades do Porto, Minho, Aveiro e Braga, contribuindo assim para a “retenção de cérebros” no país.

Sobre o mercado português, Rui Dias Ferreira sente que “ainda está um pouco estagnado”, pelo que a empresa “está muito apostada no mercado internacional”.

Em 2013, o mercado internacional representava 17% da atividade da empresa, um valor que a Vortal prevê aumentar para cerca de 25% este ano.

“Todo o investimento é feito nessa frente. Nos últimos anos, aumentámos o investimento em 14%. Com este laboratório prevemos intensificar essa aposta e contamos investir 5 milhões de euros nos próximos três anos”, disse o presidente da empresa.

A Vortal fechou o ano passado com 11 milhões de euros de faturação, correspondentes a um aumento de 12% face a 2012, e prevê um crescimento de 19% em 2014.

JMG//CSJ