Eleições autárquicas 2017: Abstenção diminui pela primeira vez em 16 anos

Atualizada

Página criada: Quarta-feira, 11 Outubro 2017 13:04 GMT | Atualizada: Quarta-feira, 11 Outubro 2017 13:10 GMT

Palavras-Chave:
Eleições

PS é o partido com o maior aumento em percentagem de votos e número de câmaras

  • No dia 1 de outubro realizaram-se as eleições autárquicas em Portugal nas quais o Partido Socialista (PS) obteve 157 das 308 existentes no país, mais 8 em comparação às conquistadas no sufrágio de 2013. A percentagem de votos conquistada pelo PS foi de 37,82%, mais 1,57 pp do que em 2013. Em relação ao PSD, a percentagem de votos foi de 16,07%, menos 0,63 pp que em 2013. O número de câmaras lideradas por este partido é de 97, tendo diminuído 9 em relação à anterior eleição. A CDU obteve 24 câmaras, menos 10 que em 2013. Em percentagem de votos, a CDU diminuiu 1,61 pp quando comparado com 2013, fixando-se nos 9,45%. O CDS conquistou mais uma câmara que em 2013, liderando agora 6. A percentagem de votos desceu de 3,04% em 2013 para 2,6% em 2017. O BE permanece sem nenhuma câmara conquistada tendo aumentado a sua percentagem de voto para os 3,29%, mais 0,87 pp que em 2013.

    Mais de metade da população inscrita nos cadernos eleitorais exerceu o seu direito de voto, tendo a abstenção diminuído para 45,04%. Esta foi a primeira descida dos níveis de abstenção em eleições autárquicas nos últimos 16 anos.

Segunda-Feira, 2 outubro 2017 16:27

Um grande vencedor, dois grandes derrotados e duas vitórias assim-assim. É este o balanço feito pelo editor de Economia do Negócios; Manuel Esteves, sobre os resultados das eleições autárquicas de ontem....